É mais difícil realizar coisas importantes sem um “Grande Porquê”

Standard

Um “Grande Porquê” pode ser um propósito de vida, um sonho ou simplesmente uma necessidade importante. Sem um “Grande Porquê” podemos perder a motivação para fazer o trabalho necessário para realização de projetos pessoais ou profissionais.

O milagre da véspera das férias

No mercado tradicional, é incrível como as pessoas trabalham no dia que antecede o início das férias. Nesse dia tornam-se um modelo de comportamento e de como fazer as coisas. A razão que eles estão prestes a se premiar com algo muito importante!

O dia antes das férias, muitas vezes, torna-se modelo de gestão de tempo. Nada de braços cruzados, internet ou conversa fiada.  Até almoçamos na própria mesa do trabalho para evitar desperdício de tempo.

Nesse dia somos capazes de fazer o que jamais faríamos em único dia. É simplesmente incrível o quanto conseguimos realizar em um curto período de tempo.

A razão pela qual nós podemos fazer isso é porque temos um “Grande Porquê”.

A construção de um negócio de marketing multinivel é fácil, mas não é simples. O “porquê” tem que ser maior do que os desafios que iremos enfrentar. Sendo assim, sem um “Grande Porquê” dificilmente você vai conseguir se manter consistente e persistente durante a construção do seu negócio de vendas diretas em multinível.

Multinível de produto digital funciona?

Standard

produtos digitais

Desde que o produto não seja um “produto desculpa”, funciona!

Produtos digitais ou bens digitais são aqueles que o cliente, após adquirir, não irá receber através de qualquer dispositivo de entrega, como Correios ou transportadora. O cliente receberá o produto por meio digital, fazendo download ou tendo acesso online a alguma coisa.

Um produto digital viável para ser comercializado é aquele que tem valor para o cliente!

Se o produto digital, seja ele um aplicativo, uma solução web, vídeos, áudios, ebooks, cursos online etc, realmente resolve o problema de um determinado segmento de pessoas que estão dispostas a pagar por ele…existe ai uma oportunidade de negócios!

E então, como vender esse produto? A venda direta (online ou off-line) pode ser um canal viável? É possível remunerar pelas vendas pessoais? É possível recrutar outras pessoas para também vender esse produto? É possível remunerar pelas vendas pessoais e pelas vendas realizadas pelas pessoas recrutadas? Se sim…então distribuir produtos digitais através da venda direta com remuneração em múltiplos níveis…funciona!

Como abrir uma empresa de marketing multinível: trazer gente pronta ou formar gente nova?

Standard

lançamento

Estima-se que existam cerca de 2 milhões de pessoas envolvidas com marketing multinivel no Brasil. Isso ainda é muito pouco, apesar do nosso país ser o quinto maior mercado mundial de vendas diretas e marketing multinivel. Ao contrário dos EUA, aqui o modelo que predomina é o mononível. Os números mostram que isso está mudando e o modelo multinivel deve dominar por aqui também.

No ano passado, quando participava do projeto “multinível ideal”, estive em contato com dezenas de novas empresas. Percebi a grande ansiedade dos sócios, fundadores e investidores em trazer gente pronta para iniciar e acelerar a expansão da nova rede.

Trazer gente pronta é uma coisa. E querer só trazer gente pronta é outra!

Eu desenvolvi um check list que prevê todas as etapas que devem ser cumpridas na formatação de uma nova empresa de marketing multinivel. E uma delas é o item “recrutamento inicial”, que faz parte do plano de expansão. Eu gosto de chamar esses pioneiros de “líderes semeadores”.

Nada mais é do que identificar potenciais líderes com experiência em marketing multinivel, com capacidade de inspirar, habilidade para ensinar e humildade para aprender. E que estejam em busca de novos desafios.

No entanto, o grande risco é só contar com essa estratégia. É querer  só gente pronta. A creditar que é caro trazer gente nova, diante da necessidade de treinar. E da expectativa de que o negócio decole rápido.

Não existem atalhos no lançamento de uma nova empresa de multinivel. E a quantidade de dinheiro investido no projeto não resolve tudo. O resultado é visível, pois 60% das novas empresas de marketing multinível abertas nos últimos dois anos estão fora da lista “bola da vez”.

Uma empresa de marketing multinível é igual a qualquer outra de segmentos diferentes. Existem para vender seus produtos e serviços e serem lucrativas. O que difere e é fator crítico de sucesso é a forma de trabalhar com o “produto” pessoas. É a gestão do canal que faz a diferença. Esse é o pulo do gato!

Entregar, pagar e treinar é obrigação

Standard

ept

Qualquer empresa de multinível que deseje ser notada no mercado precisa cumprir o papel EPT – entregar, pagar e treinar. Esses são serviços básicos, fundamentais e que devem ser prestados de forma eficiente aos seus clientes-distribuidores.

ENTREGAR produtos com eficiência criando um melhor plano logístico e maximizando seus canais de distribuição.

PAGAR as recompensas, prêmios e incentivos cumprindo os prazos, regras e buscando superar todas as expectativas.

TREINAR através de um programa institucional e de formação de lideranças que possa preparar pessoas comuns para atingirem seus objetivos.

Entregar, pagar e treinar não são diferenciais de uma empresa de multinível. E o mínimo necessário para que o negócio adquira o primeiro resquício de legitimidade.

Multinível de armário

Standard

Acho incrível que pessoas e empresários tenham vergonha de dizer ou de assumir que possuem um negócio de marketing multinível.

Sei que enfrentamos alguns desafios em relação a imagem do mercado e do modelo de negócio. E assumir o que de fato somos é o primeiro passo para limpar nossa reputação e separar o joio do trigo.

Eu costumo receber inúmeras propostas de consultoria para formatação de canal de vendas em multinivel. Em um desses encontros com um grande empresário aqui do Brasil, ele iniciou a reunião falando que estava animado com o potencial desse mercado. Ele queria criar uma grande empresa de multinível. E comentou que não gostaria que fizéssemos qualquer menção ao marketing multinivel nos materiais, conversas e eventos da nova empresa.

A proposta era tentadora, mas eu fiquei pensando:  o cara tem vergonha de assumir e ambição para usufruir. Respondi: “meu amigo, multinível de armário não funciona! Ou você é, assume e cresce. Ou você não é, esconde e acaba.” Ou melhor…nem começa!

O segundo produto do multinível

Standard

Acompanhei dezenas de startups de vendas diretas em multinivel nos últimos 24 meses. Pude observar que a grande maioria renega, desconhece ou não prioriza o “segundo produto” desse modelo de negócio: o desenvolvimento pessoal.

Existem dois tipos de consumidores no marketing multinivel: o consumidor do produto ou serviço e o consumidor da oportunidade.

O cliente do produto ou serviço quer aquilo que o produto ou serviço pode fazer por ele. O cliente da oportunidade quer melhorar ou até mudar de vida através do seu próprio negócio. E isso não é só dinheiro.

Nos próximos dias eu vou me dedicar a dividir com vocês o que eu chamo de “filosofia do multinível”, conceitos e estrutura de um Sistema de Treinamento, que visa oferecer o primeiro resultado do negócio: a possibilidade de você se tornar melhor do que era antes de ser patrocinado.

Esse segundo produto tem a ver com crescimento e desenvolvimento pessoal. O primeiro ingrediente capaz de fomentar a paixão do distribuidor pelo negócio.

É simples construir um negócio com paixão, retenção e expansão. É simples mas não é fácil.

Vou falar mais sobre isso…

Novo livro de Tony Robbins

Standard

Tony Robbins novo livro

O meu primeiro contato com a literatura de crescimento e desenvolvimento pessoal se deu através de Anthony “Tony” Robbins, através dos seus livros  “Poder Sem Limites” (1987) e “Desperte o Gigante Interior” (1992) . Era tudo o que eu necessitava para colocar em ação um dos passos do sistema de treinamento de marketing multinível que eu participava – “ler no mínimo 20 minutos por dia”. Fiquei viciado em leitura positiva e hoje leio cerca de 20 livros por ano de conteúdo voltado para negócios, desenvolvimento pessoal, treinamento, biografias etc. Aprendi que a leitura nos torna relevantes.

Achei interessante o último livro de Tony Robbins “MONEY Master the Game: 7 Simple Steps to Financial Freedom”. Como o título promete, o livro sugere que em sete passos simples você pode alcançar sua liberdade financeira, tornando-se um investidor ao invés de consumidor. A proposta do autor é que você pare de negociar seu tempo por dinheiro e saiba como colocar a máquina de fazer dinheiro trabalhando por você.

A publicação americana possui 689 páginas, o que torna o livro um pouco assustador. No entanto, no final do livro você tem acesso a uma lista de verificação dos sete passos para o sucesso, que de certa forma acaba sendo um resumo de todo conteúdo.

Aguardo com ansiedade o lançamento aqui no Brasil, sem data prevista ainda. Não tenho dúvida que será mais uma ferramenta para nós que atuamos no marketing multinível.

M5PD: como acelerar o seu negócio de multinível

Standard

A melhor forma de ser bem-sucedido com seu negócio de marketing multinivel é focar nas ações diárias que geram resultado.

De acordo com um estudo feito nos EUA, os distribuidores de multinível que mantinham um controle diário de suas atividades e metas alcançaram um resultado 7,2 vezes maior do que os distribuidores que não possuíam nenhum controle.

Divido com você uma estratégia que acelerou o meu negócio de multinível quando eu pratiquei, ensinei e dupliquei no meu grupo – a meta de cinco pontos diários (M5PD).

A M5PD é uma forma de você gerenciar e mensurar a sua consistência, com foco no trabalho e não no resultado. Primeiro você aprende e faz. Depois você promove, ensina e acompanha.

Funciona assim:

Atribua um ponto para o item 1, dois pontos para o item 2, três pontos para o item 3, quatro pontos para o item 4 e cinco pontos para o item 5.

Trabalhe todos os dias com a meta de obter um mínimo de cinco pontos, com qualquer combinação de itens. Não espere até sexta-feira para tentar obter 25 pontos.

Se você conquistar cinco pontos por dia estará sempre ocupado com atividades produtivas, o seu negócio estará com velocidade e você terá resultados consistentes.

Tente esse método diariamente por 15 dias úteis, e então decida por si só se deve continuar com essa ferramenta como parte da sua estratégia de construção do seu negócio.

A tabela M5PD:

  1. Contato – contatar um prospecto (usando qualquer ferramenta!)
  2. Agendamento – compromisso para fazer uma apresentação do seu negócio (online ou pessoalmente).
  3. Apresentação – fazer uma apresentação (online
    ou pessoalmente).

tabela 5 pontos diários

Você precisa do PSR!

Standard

decisão

No marketing multinível o Ponto Sem Retorno (PSR) inicia com a decisão de começar e continuar.

PSR é um pacto que você faz com você para poder viver e não sobreviver.

PSR é o acordo pessoal que você faz com você para não mais dizer “isso papai não pode”, “isso mamãe não pode”!

PSR o compromisso que você assume para nunca mais arrastar a sua esposa da frente da vitrine de uma loja de sapatos.

PSR é o compromisso que você assume com a sua empresa, com seu negócio, com seus produtos, com a sua linha ascendente, com o seu grupo (mesma que você ainda não tenha patrocinado ninguém!), com a sua família e com seu futuro.

PSR é o momento de ruptura com hábitos e vícios antigos que não ajudam você a melhorar de vida. É a introdução de novos hábitos necessários para o seu sucesso no multinível – ler, usar e recomendar os produtos do seu negócio, não adiar os convites para seus prospectos, não deixar de participar dos eventos, de ser consistente, de aprender e ensinar.

PSR é o compromisso de não desistir mesmo depois muitos nãos, do cansaço após o expediente do trabalho tradicional, do pouco dinheiro para o combustível do carro (ou da falta de um carro!), das contas atrasadas, da meta ainda não atingida, da família esperando em casa, da crença abalada, da desconfiança dos amigos.

PSR (Ponto Sem Retorno) é a decisão de começar e continuar até chegar.

À procura de um movimento

Standard

“Algumas tribos estão empacadas. Elas abraçam o status quo e sufocam qualquer membro que ouse questionar a autoridade e a ordem aceita. Grandes instituições de caridade, clubes minúsculos, corporações em ascenção. Eu não tenho muito interesse nessas tribos. Elas criam pouco valor e são um tanto quanto entediantes. Cada uma delas, no entanto, é um movimento esperando para acontecer, um grupo de pessoas apenas esperando para serem energizada e transformadas.

Um movimento é algo emocionante. Esse é o trabalho de muitas pessoas conectadas, todas buscando algo melhor. As novas ferramentas potencializadas pela internet facilitam a criação de um movimento, e fazem as coisas acontecerem.

Tudo o que está faltando é liderança.” [Seth Godin, Tribos, editora Alta Books]

Esta chegando a hora do movimento!